Pronto para receber conteúdo interessante? Assine a newsletter

A importância dos dados no home office

#LidereATransformação - 23 de Junho de 2020

A crise causada pela pandemia de COVID-19 afetou drasticamente a rotina de praticamente toda a população mundial. A alteração no dia a dia de famílias e empresas traz desafios e aprendizados - e torna tudo ainda mais desafiador. No universo corporativo, transferir a operação de escritórios inteiros para o home office fez nascer uma "etiqueta virtual" para reuniões e videoconferências, e a pergunta que após alguns meses ainda está presente é: como garantir que equipes trabalhem juntas, mesmo que remotamente?

Não se trata de uma receita de bolo: afinal, cada negócio tem suas peculiaridades. Porém, um artigo da revista Harvard Business Review trouxe um pouco de luz ao tema, destacando a importância de um aspecto que já é presente aqui em nosso blog em outros conteúdos: a análise de dados e indicadores das empresas.

Em home office, decisões descentralizadas

Autor do artigo, Mike Walsh explica que, com o home office, fica muito mais difícil coordenar o que cada colaborador está fazendo, o que acaba dificultando o trabalho do líder. Dessa forma, para evitar uma série de atrasos e uma piora na produtividade, é necessário desconstruir a ideia de que apenas uma pessoa é responsável pelas decisões. 

Ele dá o exemplo de uma empresa que trabalha com a análise de performance e engajamento de funcionários. Para o seu CEO, o home office implica na necessidade de dar autonomia para cada departamento. Ele explica que, muitas vezes, os líderes confiam em apenas um colaborador para decidir uma questão (por conta de suas experiência e habilidades). Mas, na verdade, o que a torna apta para a tarefa é ter o contexto que outros não têm. E os dados seriam o caminho para esse contexto. 

Os dados são parte da resposta

Assim que a crise causada pelo COVID-19 começou, a empresa então decidiu que era necessário fazer uma reunião diária com 20 líderes para que todos estivessem a par das informações e dos dados necessários para a tomada de decisões. Cada líder, por sua vez, distribui a própria autoridade em sua equipe, evitando o desperdício de tempo com uma série de aprovações e procura por informações - hábitos simples quando estamos trabalhando presencialmente, porém, complicados quando consideramos o home office. 

Dessa forma, os dados acabam sendo a chave para que o trabalho seja produtivo mesmo que de forma remota. Com os funcionários bem informados e contextualizados, é possível dar autonomia para as diferentes áreas da empresas, facilitando os processos em um cenário em que todos continuamos trabalhando juntos, porém separados. 

Quer continuar essa discussão? Alguns cursos do LIT podem ajudar a entender tanto o universo dos dados quanto a construção de equipes de sucesso em meio a mudanças. São eles:

Change Management: Liderando Transformações
Análise Multivariada de Dados Para Tomada de Decisões
Construindo Equipes de Alta Performance
Liderança EstratégicaInscreva-se no LIT

Pronto para receber conteúdo interessante?

Assine a newsletter